Ashland, Thursday 04.27.2017
Sunday April 30, 2017 - 12:15 PM ×
Sunday Morning Worship Experience

Join us for a fun, relevant and powerful Worship Experience where you can encounter God in a meaningful way! We keep our services to just 70 minutes long. We do this to honor your time while still putting God first each week. The word “long” seems misplaced because in no way do our services feel long but instead leave you longing for more.

Our worship experience is dynamic, powerful, and passionate! We simply believe if we draw near to God, He will draw near to us. Therefore our goal is to experience God’s presence each and every service. In fact, we believe our services are incomplete unless we feel God’s presence is there in a tangible way.

We offer a safe, fun, age appropriate children’s program at Connect Kids. We care for infants through grade 5. Our staff looks forward to exceeding your expectations each week as we strive to teach your children from God’s Word.

We hope to see you in one of our services! If you have any further questions, please feel free to contact us at office@weconnect.cc.

To watch/listen to our Series & Messages archive, simply click here.

Sunday April 30, 2017 - 10:30 AM ×
Sunday Morning Worship Experience

Join us for a fun, relevant and powerful Worship Experience where you can encounter God in a meaningful way! We keep our services to just 70 minutes long. We do this to honor your time while still putting God first each week. The word “long” seems misplaced because in no way do our services feel long but instead leave you longing for more.

 

Our worship experience is dynamic, powerful, and passionate! We simply believe if we draw near to God, He will draw near to us. Therefore our goal is to experience God’s presence each and every service. In fact, we believe our services are incomplete unless we feel God’s presence is there in a tangible way.

 

We offer a safe, fun, age appropriate children’s program at Connect Kids. We care for infants through grade 5. Our staff looks forward to exceeding your expectations each week as we strive to teach your children from God’s Word.

 

We hope to see you in one of our services! If you have any further questions, please feel free to contact us at office@weconnect.cc.

 

To watch/listen to our Series & Messages archive, simply click here.

Sunday April 30, 2017 - 08:45 AM ×
Sunday Morning Worship Experience

Join us for a fun, relevant and powerful Worship Experience where you can encounter God in a meaningful way! We keep our services to just 70 minutes long. We do this to honor your time while still putting God first each week. The word “long” seems misplaced because in no way do our services feel long but instead leave you longing for more.

Our worship experience is dynamic, powerful, and passionate! We simply believe if we draw near to God, He will draw near to us. Therefore our goal is to experience God’s presence each and every service. In fact, we believe our services are incomplete unless we feel God’s presence is there in a tangible way.

We offer a safe, fun, age appropriate children’s program at Connect Kids. We care for infants through grade 5. Our staff looks forward to exceeding your expectations each week as we strive to teach your children from God’s Word.

We hope to see you in one of our services! If you have any further questions, please feel free to contact us at office@weconnect.cc.

To watch/listen to our Series & Messages archive, simply click here.

  • One Year Bible
Essential to the most basic faith in God is the belief that He is coming. From the time of Enoch, who Genesis 5:22 declares lived "in close fellowship with God," faithful believers have understood that He is coming to judge everyone (Jude 14-15). The thief on the cross was saved just by saying, "Jesus, remember me when you come into your Kingdom" (Luke 23:42).

The Lord will return suddenly and swiftly to judge the ungodly. Just as Gideon descended with a trumpet blast in the night in sudden judgment upon Midian (Judges 7:19), Jesus will suddenly return with His saints to judge the world. If you are "faint, yet pursuing"

(8:4 KJV), keep up the fight. Your blessed hope as a believer is that the Lord will return not only to deliver you from this world but also to punish His enemies who have afflicted you.

Paul reminded the Philippian believers that "we are citizens of heaven, where the Lord Jesus Christ lives. And we are eagerly waiting for him to return as our Savior (Philippians 3:20). . . . Remember, the Lord is coming soon" (4:5). One day the Lord will descend from heaven, and our battle will be eternally over!

by Larry Stockstill

Juízes 4-5

Débora

1/2 Posteriormente à morte de Eude Israel tornou a cair no pecado contra o Senhor, o qual deixou que o rei Jabim de Hazor em Canaã os vencesse e dominasse. O comandante das suas forças militares era Sísera, que vivia em Harosete­Ha­Goiim. Este mandou fazer novecentos carros de combate em ferro; e tornou a vida para os israelitas insuportável durante vinte anos. Mas por fim, rogaram muito ao Senhor, que os socorreu.

4/5 A pessoa que chefiava Israel nessa altura era Débora, uma mulher profetisa, casada com Lapidote. Vivia num lugar agora chamado Palmeira de Débora, entre Rama e Betel nas colinas de Efraim; e era ali que os israelitas vinham ter com ela para resolver questões e problemas, assim como para a ouvir falar de Deus. 6/7 Um dia ela mandou chamar Baraque (filho de Abinoão), que vivia em Quedes no território de Naftali, e disse­lhe: “O Senhor Deus de Israel manda que mobilizes dez mil homens das tribos de Naftali e de Zebulão. Leva­os ao monte Tabor para combaterem o poderoso exército de Jabim mais os seus carros de combate todos, que estão sob as ordens do general Sísera. O Senhor diz­te, ‘Atraí­los­ei para junto do ribeiro de Quisom e derrotá­los­ás ali.’”

“Estou de acordo em partir; mas só se fores comigo!” disse­lhe Baraque.

“Está bem. Irei contigo. Mas desde já te aviso que a honra de ter conquistado Sísera irá assim recair sobre uma mulher e não sobre ti!” Foi portanto com ele até Quedes. 10 Quando Baraque convocou os homens mobilizáveis de Zebulão e de Naftali em Quedes, dez mil ofereceram­se voluntariamente. E Débora marchou com eles.

11 (Heber o queneu — os queneus eram os descentes de Hobabe, o sogro de Moisés — tinha­se separado do resto do seu clã, e tinha passado a viver em vários sítios, chegando a estabelecer­se ao pé do carvalhal de Zaananim perto de Quedes.)

12/13 Quando o general Sísera foi informado de que Baraque e o seu exército estava acampado no monte Tabor, tratou de mobilizar todo o exército, incluindo os novecentos carros de combate em ferro, e pôs­se em marcha de Harosete­Ha­Goiim para o ribeiro de Quisom.

14/16 Então Débora disse a Baraque: “Agora é a altura de entrar em acção! É o Senhor que te vai dar Sísera nas tuas mãos!” Baraque pois levou os seus dez mil homens até à base do monte Tabor, preparando­se para o combate. Mas o Senhor lançou o pânico nas hostes inimigas, tanto nas de infantaria como nos condutores dos carros. Sísera saltou mesmo do seu carro e fugiu a pé. Baraque e os seus homens perseguiram­nos, aos que iam a pé como aos dos carros, até Harosete­Ha­Goiim. Não os deixaram sem que estivessem todos liquidados. Ninguém foi deixado com vida.

17 Entretanto Sísera escapara para a tenda de Jael, a mulher de Heber o queneu, pois que havia como que um acordo de auxílio mútuo entre o rei Jabim de Hazor e o clã de Heber. 18 Jael saiu ao encontro de Sísera e disse­lhe: “Vem para a minha tenda, senhor! Ficarás seguro sob a nossa protecção. Nada receies.” Ele aceitou o convite, e ela cobriu­o com uma manta.

19/20 “Por favor, dá­me água, estou morto de sede”, disse­lhe. Jael deu­lhe leite a beber e tornou a cobri­lo. “Olha, põe­te aí à entrada”, pediu ele. “Se alguém vier à minha procura, dizes­lhe que não está cá ninguém, claro.”

21 Foi então que Jael pegou numa estaca de tenda e num martelo; aproximou­se mansamente dele enquanto dormia num profundo sono, e cravou­lhe a estaca nas fontes, pregando­lhe a cabeça no chão. E morreu dessa forma, pois que estava carregado de sono e de cansaço.

22 Quando Baraque se chegou à procura dele, Jael veio logo ao seu encontro, exclamando: “Anda, vou mostrar­te o homem que procuras.” Baraque entrou com ela na tenda e deparou com Sísera ali prostrado, sem vida, com a estaca cravada na cabeça.

23/24 Nesse dia pois o Senhor usou Israel para subjugar o rei Jabim de Canaã. A partir dessa altura Israel foi ganhando cada vez mais supremacia sobre a nação do rei Jabim, até que acabou por ser toda destruída.

O cântico de Débora

Débora e Baraque compuseram então e cantaram este cântico de vitória:

“Louvem o Senhor!
    Os líderes de Israel conduziram corajosamente o povo.
    Este seguiu­os de cabeça erguida.
    Sim, bendito seja o Senhor!
Escutem, vocês, reis e governantes,
    porque vou cantar ao Senhor, o Deus de Israel.
Quando nos fizeste sair de Seir,
    e nos levaste através dos campos de Edom,
    a terra tremeu,
    os céus derramaram chuvas.
Sim, até o Monte Sinai tremeu na presença do Deus de Israel.
Nos dias de Sangar, o filho de Anate; e nos dias de Jael,
    as grandes estradas ficaram desertas;
    e os viajantes preferiram ir pelos estreitos atalhos retorcidos.
O povo de Israel estava a decair a olhos vistos;
    até que apareceu Débora,
    que se tornou como que uma mãe para Israel.
Quando Israel vai atrás de deuses estrangeiros,
    é a derrocada de tudo, é guerra.
Os senhores que nos dominavam não permitiam sequer
    que tivéssemos um escudo ou uma lança nas nossas mãos.
Entre quarenta mil soldados israelitas não se encontra uma só arma!
Como me alegro nos chefes de Israel,
    que tão generosamente se deram a si próprios!
Louvem o Senhor!

10 Que Israel inteiro, ricos e pobres, se juntem nos seus louvores,
    tanto os que andam montados em brancos jumentos
    e pisam tapetes ricos em casa,
    como os que têm de andar a pé pelos caminhos.

11 Os músicos de cada povoação juntam­se no poço da vila,
    para exaltar os triunfos do Senhor.
Sem cessar, fazem suceder os hinos e baladas,
    sobre como o Senhor salvou Israel
    com um exército de combatentes!
O povo do Senhor passou as portas das cidades.

12 Levanta­te, Débora, e canta!
Ergue­te, Baraque! Tu, filho de Abinoão,
    chega­te, com os teus prisioneiros!

13 Descendo o monte Tabor via­se o nobre resto do povo.
O povo do Senhor desceu avançando contra grandes pessoas.

14 Vieram de Efraim e de Benjamim, de Maquir e de Zebulão.

15 Veio até ao vale essa nobre gente de Issacar,
    com Débora e com Baraque.
À ordem de Deus acorreram todos ao vale.
Contudo, a tribo de Rúben não se deslocou.

16 Porque ficas sentado em casa, no meio dos rebanhos,
    ouvindo os balidos dos animais e as flautas dos pastores?
Sim, a tribo de Rúben não pode estar com a consciência descansada.

17 Porque ficou também Gileade do lado de lá do Jordão,
    e porque razão Dan ficou à beira dos seus barcos?
E qual a razão que levou Aser a deixar­se estar impassível,
    nas praias, descansando junto aos seus portos?

18 Mas as tribos de Zebulão e de Naftali não tiveram medo
    de morrer nos campos de batalha.

19 Os reis de Canaã lutaram em Taanaque, junto às fontes de Megido,
    mas não foram vitoriosos.

20 Até as próprias estrelas do céu lutaram contra Sísera.

21 O veloz ribeiro de Quisom os arrastou, os varreu.
Avante, alma minha, corajosamente!

22 Ouve o trotar dos cascos da cavalaria inimiga!
Observa o galopar dos seus corcéis!

23 Pois apesar disso o anjo de Jeová amaldiçoou Meroz,
“Que os seus habitantes sejam asperamente amaldiçoados”, disse.
“Porque não quiseram empenhar­se na luta do Senhor
    contra os seus inimigos”.

24 Bendita seja Jael, a mulher de Heber, o queneu.
Sim, que ela seja abençoada,
    acima de todas as mulheres, nos seus lares.

25 Pediu­lhe água, e ela deu­lhe leite, numa bela chávena.

26 Mas depois, pegou numa estaca, num martelo,
    cravou­a na fonte de Sísera,
    rachando­lhe a cabeça, atravessando­a de lado a lado.

27 Ele ali ficou prostrado a seus pés, sem vida.

28 A mãe de Sísera bem olhava pela janela, esperando o seu regresso:
Mas porque é que o seu carro demora tanto a regressar?
Porque é que não se ouve ainda
    o barulho do rodado dos carros pelo caminho?”

29 As amigas que lhe faziam companhia, respondiam­lhe, e ela concordava:

30 “É que deve haver grande despojo a repartir. E isso leva tempo.
Cada homem fica com uma ou duas raparigas.”
“Sim”, acrescentava ela, “Sísera há­de trazer vestidos de lindas cores,
    e muitos presentes para me oferecer.”

31 Ó Senhor, que todos os teus inimigos pereçam como Sísera,
    mas aqueles que te amam, que sejam como o Sol,
    quando se levanta na sua força!”

Depois disto acontecer, houve paz na terra durante quarenta anos.


O Livro Copyright © 2000

Lucas 22:35-53

35 Então Jesus perguntou­lhes: “Quando vos enviei a pregar as boas novas e não tinham dinheiro, nem bagagem, nem vestuário de muda, como é que se governaram?”

“Foi bem. Nada nos faltou.”

36/37 “Mas agora”, Jesus disse, “se tiverem um saco, ou bolsa com dinheiro, levam. E, se não possuem uma espada, vendam a roupa e comprem­na. Porque chegou a altura de se cumprir isto que está escrito a meu respeito: ‘Ele será condenado como criminoso!’ Sim, o que se escreveu de mim se cumprirá.”

38 “Mestre, temos aqui duas espadas!”

“Basta!” retorquiu Jesus.

Jesus ora no Monte das Oliveiras

39/40 Então, acompanhado dos discípulos, deixou aquela sala e foi, como de costume, para o Monte das Oliveiras. Ali disse­lhes: “Orem para que a tentação não vos domine”.

41/42 Afastou­se à distância de cerca de uma pedrada e, ajoelhando­se, orou assim: “Pai, se quiseres, peço­te que leves de mim esta taça de sofrimento. Mas que se cumpra a tua vontade e não a minha.” 43/44 Então apareceu um anjo vindo do céu e que o confortava, porque estava em tal agonia de espírito que o seu suor era de sangue, caindo em gotas no chão, enquanto orava com fervor cada vez maior. 45 Por fim, tornou a levantar­se e voltou para junto dos discípulos, encontrando­os a dormir, exaustos de tristeza. 46 “Então estão a dormir?”, exclamou. “Levantem­se! Orem a Deus para não caírem quando forem tentados.”

Jesus é detido

47/48 No próprio momento em que dizia isto, acercou­se uma multidão conduzida por Judas, um dos doze, o qual foi direito a Jesus para o beijar, numa saudação amistosa. Jesus disse: “Judas, com um beijo traias o Filho do Homem?”

49/50 Quando os outros discípulos viram o que ia acontecer, exclamaram: “Mestre, queres que lutemos? Temos as espadas!” E um deles chegou a desferir um golpe contra um criado do supremo sacerdote, cortando­lhe a orelha direita.

51 Mas Jesus respondeu: “Não resistam”. E, tocando no sítio da orelha do homem, restituiu­lha. 52 Então, dirigindo­se aos principais dos sacerdotes, aos capitães da guarda do templo e aos anciãos do povo que conduziam a multidão, Jesus perguntou: “Sou algum criminoso para virem assim prender­me, armados de espadas e paus? 53 Porque não me prenderam no templo, onde eu estava todos os dias? Mas este momento é vosso; é a hora em que domina o poder das trevas.”


O Livro Copyright © 2000

Salmos 94

94 Ó Senhor Deus, a ti compete fazer justiça,
    castigar como recompensa do mal.
Mostra nisso a tua glória!
Levanta-te, pois és o juiz de toda a Terra,
    e castiga os soberbos.
Até quando, Senhor, a gente má esfregará as mãos de contentamento.
Até quando continuarão a dizer tudo o que querem com insolência, orgulhando-se de todo o mal que fazem?
Vê como oprimem o teu povo e o reduzem a nada;
como afligem os que te pertencem.
Assassinam viúvas, imigrantes, órfãos.
E dizem: “O Senhor não há-de ver nada.
    Deus não repara nestas coisas”!
Dêem atenção,
    vocês que se parecem com brutos animais,
    e vocês que têm prazer na loucura:
quando é que se interessarão em ter sabedoria?

Então aquele que deu ao ser humano a capacidade de ouvir,
    seria ele surdo?
Aquele que dotou as pessoas do sentido da vista,
    seria ele cego?
10 Aquele que é o único que pode e sabe castigar com justiça,
    não vos castigará a vocês também?
Aquele que deu o entendimento ao homem,
    não entenderia ele o que vocês combinam e pensam?
11 O Senhor bem conhece os pensamentos das pessoas,
    e sabe como são mesquinhos e inúteis.

12 Bem felizes são os que repreendes, Senhor,
    aqueles a quem ensinas a tua lei.
13 Porque a esses darás descanso nos dias maus,
    enquanto que o perverso, que te despreza,
    cairá na cova da destruição.
14 O Senhor não abandonará,
não desamparará a sua possessão.
15 Os julgamentos serão de novo feitos com justiça,
e todos os que conduzem os seus corações por caminhos rectos
    seguirão o Senhor.

16 Quem será a meu favor contra os malfeitores?
Quem se porá ao meu lado contra os que praticam a iniquidade?
17 Se o Senhor não tivesse vindo em meu auxílio,
    já o meu corpo estaria na terra do silêncio.
18 Quando eu te gritei:
    “Senhor, os meus pés tropeçam, vou escorregar”,
logo acorreste, com a tua bondade, e me aguentaste.
19 Quando se multiplicam dentro de mim as preocupações, os cuidados,
    consolas-me, e tornas a dar alegria e esperança à minha alma.

20 Poderás tu dar protecção a um governo corrupto,
    que torce as leis a fim de poder pôr em execução planos injustos?
21 Aprovarás tu aqueles que se apressam, nas suas assembleias corruptas,
    a condenar à morte o inocente?

22 Mas tu és o meu mais seguro retiro;
és a rocha em que me abrigo.
23 Deus fará recair sobre eles
    as consequências inevitáveis da sua própria iniquidade.
Serão destruídos pela sua própria malícia.
O Senhor nosso Deus, ele mesmo os destruirá.


O Livro Copyright © 2000

Provérbios 14:3-4

Nas palavras do louco germina o orgulho! Mas a fala do entendido é respeitada.

Um estábulo vazio de animais permanece limpo. Mas o certo é que também com um estábulo limpo não há ganhos.


O Livro Copyright © 2000
  • One Year Bible
  • Latest from Connect
  • Members Stories
Power of Prayer

My name is Elaina Guardiani and it will be a year next Sunday April 12th, 2015 that I have been coming to Connect Community Church. The only reason it took me so long to go visi...

Elaina Guardiani
Lost & Found

At the end of 1999 I was a brokenhearted 37 year old woman. I'd spent my whole life searching for love that would last, but continually finding heartbreak, including a divorce. ...

Lynn Schreiner

Read More stories »

  • Connect Groups
 
Loading bible